top of page
  • Foto do escritorMarcio Leite

Quem é o designer estrategista?

Um olhar sobre suas funções, seus principais papéis e habilidades


[Publicado em 02 de Maio de 2023]



Dentre as inúmeras definições e tentativas de enquadrar no mercado as novas funções do designer sob uma nomenclatura, surgem confusões e concepções falhas.


Quem nunca titubeou ao tentar descrever para alguém sua função e o que faz em seu próprio trabalho, ou teve reuniões intermináveis com o chefe de recursos humanos de sua empresa tentando explicar que designer estratégico não tem nada a ver com estrategista de redes sociais?


Este artigo tenta ajudar nesse sentido, explorando um pouco mais sobre o papel do designer estrategista, apresentando algumas definições sobre suas principais funções e capacidades.



***



O papel do designer estrategista é frequentemente definido como aquele que estabelece a estratégias para o processo executivo e operações de design. No entanto, essa definição não faz jus ao importante trabalho, amplo e abrangente, realizado por esses profissionais.


Um designer estrategista é um mediador e um facilitador de projetos ambiciosos, que auxilia na construção de processos de trabalho mais efetivos, criativos e inovadores. Mas é também um profissional crítico, lógico, disciplinado, com uma mente criativa e inventiva, que ajuda a conectar outras inteligências, envolver diferentes disciplinas, áreas produtivas diversas, profissionais, talentos e clientes por meio de estratégias potenciais e abordagens assertivas voltada, essencialmente mas não unicamente, a desafios de negócios.


São contadores de histórias habilidosos, que usam seu poder de construção de narrativas e abordagens de design para definir caminhos mais simples, objetivos e otimizados, materializando soluções criativas e inovadoras para desafios abrangentes e problemas complexos, especialmente aqueles que exigem rápida resolução com a conexão de múltiplos agentes dentro de uma organização, ou entre organizações parceiras.


Designers estratégicos colaboram com profissionais de negócios para inovar dentro das corporações e localizar novas áreas inexploradas nos sistemas, que podem ser usadas para fortalecer ecossistemas de produtos e serviços ou iniciar novos negócios.


O designer estratégico usa dos princípios tradicionais do design para construir soluções para problemas sistêmicos e complexos. O designer estratégico trabalha na interseção de questões organizacionais e problemas do usuário, desenhando abordagens que orientam soluções para problemas de negócios e de usuários.






O design estratégico vai muito além do fim estético da cadeia de valor nos sistemas contextuais envolvidos, conecta pontos para alcançar soluções mais adequadas aos usuários e aos negócios.






As principais funções que um design estrategista desempenha:



1

Imergir no negócio e no mercado de atuação

Um designer estrategista precisa ter uma compreensão clara do negócio e do mercado em que a empresa atua, a fim de desenvolver soluções que estejam alinhadas com os objetivos da organização e o cenário competitivo. Relatórios de tendência, benchmark de categorias e concorrência, dados de faturamento e metas ambicionadas estão entre as informações que ele analisa.

2

Mapear problemas e oportunidades

A partir de ferramentas e abordagens específicas, é importante que o designer estrategista seja capaz de identificar, priorizar e dar forma aos problemas e as necessidades dos clientes que precisam ser resolvidas, a fim de criar soluções que atendam às suas demandas dentro de condições e premissas limitantes.

3

Conectar áreas de inteligência, pessoas e talentos para potencializar soluções

O designer estrategista identifica dentro de um ecossistema organizacional, quem são os principais silos que precisam ser conectados e quais indivíduos com qualidades e habilidades específicas que podem ajudar na construção de soluções para os desafios propostos.


4

Criar processos e estratégias de ação guiando times

Com base na compreensão do negócio e nas necessidades dos clientes, o designer estrategista deve ser capaz de desenvolver estratégias, definir etapas e eleger métodos e ferramentas que ajudem os times de trabalho a atingir seus objetivos de negócio.

5

Cocriar soluções inovadoras utilizando recursos disponíveis

O designer estrategista deve ser capaz de suportar e auxiliar times a cocriar soluções criativas e inovadoras que estejam alinhadas com a estratégia da empresa e com as necessidades dos clientes, definindo alvos, prioridades e construindo um caminho de desenvolvimento claro, onde os sujeitos parte do processo possam dar sua parcela de contribuição.

6

Dar forma, construir discursos e narrativas que materializem as soluções geradas

É importante que o designer estrategista seja capaz de comunicar suas ideias de forma clara e eficaz para as soluções. Criar vizualizações, discursos e estruturas de apresentação simples e efetivas que antecipem a implementação, criando foco e definindo critérios para outros membros da equipe e parceiros.

7

Guiar times na implementação das soluções geradas

O designer estrategista deve ser capaz de guiar as partes responsáveis pelo projeto na implementação das soluções criadas, trabalhando em conjunto com membros da empresa e parceiros externos para garantir que as soluções sejam implementadas com sucesso.

8

Definir índices de sucesso e avaliar resultados iterando com o ecossistema

É importante que o designer estrategista avalie os resultados de suas soluções, a fim de identificar áreas para melhoria e continuar a desenvolver soluções eficazes e impactantes. Isso pode ser feito a partir da definição de critérios e índices de performance construídos juntamente com os times envolvidos, ou a partir de iteração com potenciais clientes ou pessoas que serão impactadas pelas soluções geradas.

9

Humanizar os processos e soluções com olhar sistêmico (impactos e resultados)

Ao adotar uma abordagem sistêmica em seu trabalho, o designer estrategista pode auxiliar times na antevisão de impactos e resultados, mitigando erros e falhas nos processos e minimizando impactos negativos das soluções. Além disso, ao entender e conhecer os os participantes do ecossistema, é possível construir soluções éticas, mais inclusivas, diversas e sustentáveis, que respeitem as realidades dos indivíduos, grupos e comunidades que serão impactados pelas soluções geradas.



O designer estrategista desempenha um papel muito importante na humanização dos processos e das soluções geradas, pois ele entende as necessidades das pessoas a partir de abordagens mais pessoais e contextuais; e dos negócios, ao delimitar problemas e priorizar desafios.



Ao realizar imersões sensíveis em campo, registros e entrevistas em profundidade com indivíduos parte dos sistemas, isso lhe permite observar e analisar diferentes realidades e sistemas, considerando suas complexas particularidades.


Com base nessas informações e profundo conhecimento dos contextos mercadológicos, ele pode criar e orientar soluções que sejam mais adequadas para pessoas de diferentes realidades sociais e econômicas, mais acessíveis e fáceis de usar do ponto de vista comportamental e cultural, focadas não apenas em recursos tecnológicos e digitais, mas que respeitem as limitações de compreensão, barreiras de adoção e necessidades latentes dos públicos pretendidos.


Por isso, designers estrategistas se concentram antes de tudo nas pessoas e seus contextos, preocupados em criar fluxos e jornadas que sejam significativas, simbólicas, satisfatórias, intuitivas, fáceis de compreender e usar, com alto impacto positivo e ganhos para todas as partes do sistema; e não somente na execução técnica de produtos e soluções digitais, serviços ou bens de consumo a serem produzidos.




 

As principais capacidades e habilidades

de um designer estrategista:


Pesquisa / Análise Crítica / Visual Thinking / Problem-Solving / Mediação e Facilitação / Policy Design / Experimentação / Systems Thinking / Futures Thinking



Pensamento estratégico: Um designer estrategista deve ser capaz de entender os objetivos de negócios de uma organização e identificar as melhores soluções de design que se alinhem com esses objetivos. Isso requer habilidades de pensamento estratégico, incluindo análise crítica, planejamento, tomada de decisão e resolução de problemas.


Inteligência de mercado: É fundamental para um designer estrategista ter uma compreensão profunda do mercado em que a empresa atua, incluindo tendências de consumo, concorrência e oportunidades. Isso permite que eles criem soluções de design que atendam às necessidades do mercado e aos objetivos de negócios da empresa.


Habilidades de comunicação: Como um designer estrategista trabalha em estreita colaboração com outras equipes, é importante que eles tenham excelentes habilidades de comunicação. Isso inclui a capacidade de comunicar suas ideias e visões de forma clara e eficaz, além de ouvir e compreender as necessidades dos outros membros da equipe.


Criatividade e inovação: Um designer estrategista deve ser capaz de criar soluções criativas e inovadoras que atendam às necessidades do negócio e do mercado. Isso requer habilidades de pensamento criativo, capacidade de experimentação, prototipagem e teste de ideias.


Habilidades de design: Como um designer estrategista é, antes de tudo, um designer, é fundamental que eles tenham habilidades sólidas em design, incluindo habilidades em design gráfico, design de produto, design de interface do usuário, design de serviços, entre outros. Isso permite que eles criem soluções de design eficazes e impactantes.


Pensamento colaborativo: Um designer estrategista deve ser capaz de trabalhar em colaboração com outras equipes e membros da organização. Isso requer habilidades em liderança, gestão de equipes e gerenciamento de projetos, além de uma mentalidade colaborativa e inclusiva.


Conhecimento técnico: Finalmente, um designer estrategista deve ter um conhecimento técnico sólido em várias ferramentas e tecnologias de design, bem como em áreas relacionadas, como marketing, finanças e gestão de projetos. Isso permite que eles criem soluções de design que sejam práticas e executáveis na realidade empresarial.




Para saber mais sobre como ser estratégico, acesse o meu curso na Domestika.org e dê seus primeiros passos:





 

Bibliografia de referência


"Design Thinking: Understanding How Designers Think and Work" de Nigel Cross

"Design Strategy and Innovation: A Practical Toolbox for Planning and Executing High-Impact Design Projects" de Idris Mootee

"Strategic Design Thinking: Innovation in Products, Services, Experiences and Beyond" de Natalie W. Nixon

"The Design of Business: Why Design Thinking is the Next Competitive Advantage" de Roger L. Martin

"Designing for Growth: A Design Thinking Tool Kit for Managers" de Jeanne Liedtka e Tim Ogilvie

“Team Human” de Douglas Rushkoff

“The language of things” de Dejan Sudjic

“Big Tech - a ascenção dos dados e a morte política”- de Evgeny Morozov

bottom of page